Home News

O comportamento dos consumidores em farmácias

13/05/2021

O mercado farmacêutico vem em um contínuo caminho de crescimento em uma comparação dos resultados dos últimos 12 meses em um período finalizados em março de 2021 com o mesmo período do ano anterior, os resultados apontaram uma alta de 16,2% dos valores vendidos.

Para analisar esse mercado foi realizada uma pesquisa sobre o consumidor em farmácias, aplicada pelo Instituto Febrafar em parceria com a Unicamp e que entrevistou 4.000 consumidores em todo o país. A pesquisa analisou quais o comportamento e os tipos de medicamentos que são adquiridos pelos consumidores e apontou que, entre os entrevistados, o gasto médio de compra foi de R$ 54,01.

Segundo as respostas dos consumidores, 62,6% compraram pelo menos um genérico dentre os produtos adquiridos, desses 25% compraram apenas genéricos. Já em relação aos produtos de marcas, ele fez parte das compras de 63,9% dos consumidores e 24,4% compraram apenas esses produtos. Já os não medicamentos participaram de 23,4% das cestas de compras e apenas 4,6% compraram apenas essa categoria.

Os consumidores ao serem questionados sobre quais os critérios de escolha de uma farmácia, ficou bem claro que o bolso e a comodidade são fatores primordiais na decisão, deixando vários outros de lado. 75,4% afirmaram escolher pelos preços e 14,9% apontaram a localização como fator importante. Além desses fatores, foram considerados também: o estoque (5,1%), possuir atendimento da Farmácia Popular (2,4%), a facilidade de estacionar (0,9%) e o bom atendimento (1,1%). – Fonte: AI/Febrafar.