Início

Notícias

Representante de laboratório rebate críticas sobre clareza

25/01/2021

Durante entrevista ao Timeline, na sexta-feira, Rogério Rosso, diretor de negócios internacionais do Grupo União Química, rebateu as críticas referentes às incertezas do meio científico em relação a Sputnik V. O diretor enfatizou a tradição de 130 anos do Instituto Gamaleya e mencionou a publicação das fases 1 e 2 na revista The Lancet.

- A (fase) 3 terminou agora e também vão publicar - garantiu.


Novos rumos para as distribuidoras

25/01/2021

Publicado 24 janeiro, 2021

As distribuidoras farmacêuticas que querem se manter como uma empresa de descontos estão fadadas ao fracasso. Quem alerta é o consultor especializado Gilson Coelho, que analisa desafios e oportunidades do setor. Para ele, o foco está na prestação de serviços, que garantirá o atendimento qualificado à indústria, além da customização e inteligência de negócios tão esperadas pelo varejo. E os representantes comerciais passam a ser autênticos consultores.

Contato: www.gilsoncoelho.com.br


Brasil poderia ser top 10 em pesquisas e atrair até R$ 5 bilhões de investimentos

25/01/2021

Publicado 25 janeiro, 2021

Se a pandemia reforçou a importância dos investimentos em inovação e pesquisa, o cenário do Brasil, por outro lado, não é muito favorável nesse aspecto. Em entrevista exclusiva ao Panorama Farmacêutico, o diretor executivo da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), Eduardo Calderari, destacou o potencial do país para ocupar a 10ª posição no ranking mundial de pesquisa clínica e também sobre o problema do acesso a medicamentos de ponta pela população.


Alemanha vai usar novo remédio contra covid-19

25/01/2021

Ministro da Saúde anuncia compra de medicamento à base de anticorpos. Terapia foi aplicada em Donald Trump. País será primeiro na UE a usar droga, a ser enviada primeiro a clínicas universitárias.


Novas cepas do vírus desafiam controle do contágio e alcance de proteção das vacinas

25/01/2021

Com vacinas ainda insuficientes, o mundo passa a ter de lidar com as novas variantes do vírus, que evolui e pipoca em diferentes lugares. Na prática, cada uma das vacinas vai ter de ser testada contra cada uma das novas cepas

Fernando Reinach*

23 jan 2021
05h10

A ilusão durou uma semana. Quem acreditou que a chegada das vacinas iria acabar com a pandemia já percebeu que isso não vai acontecer: o Butantan confirmou que vai interromper o envase, na Fiocruz ele vai começar em março, a China não tem pressa em repor os estoques.


Covid-19: Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

25/01/2021

Desta vez, envase e rotulagem foram feitos pelo Instituto Butantan

Publicado em 22/01/2021 - 16:52 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil - Brasília

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade a autorização emergencial em caráter experimental do segundo lote da vacina CoronaVac, desenvolvida em parceria entre a farmacêutica chinesa Sinovac e o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo.


Butantan inicia distribuição de 2º lote de vacinas após aval da Anvisa

25/01/2021

Cerca de 900 mil doses foram liberadas

Publicado em 22/01/2021 - 19:02 Por Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil - São Paulo

Após nova autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso emergencial da vacina CoronaVac, o Instituto Butantan começou a distribuição do segundo lote do imunizante na tarde de hoje (22). Cerca de 900 mil doses foram liberadas.


Ainda sem o aval da Anvisa, começa produção da Sputnik V

25/01/2021

O Brasil começou a produzir em território nacional doses da vacina russa contra a covid-19, a Sputnik V, segundo Kirill Dmitriev, presidente do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, na sigla em inglês). O uso do imunizante ainda não foi autorizado no país.


Fiocruz adia pedido de registro de vacina para a Anvisa

25/01/2021

Por Nathan Vieira | 25 de Janeiro de 2021 às 07h30

Em meio às vacinas contra a COVID-19 que estão sendo desenvolvidas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está em uma parceria biofarmacêutica AstraZeneca (e, por sua vez, com a Universidade de Oxford). No entanto, a instituição adiou mais uma vez o pedido de registro da vacina para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Anvisa aprova primeiro medicamento com efeito duplo para combater a osteoporose e o alto risco de fratura

25/01/2021

Tratamento é capaz de formar osso e diminuir a reabsorção óssea a fim de prevenir fraturas


Páginas