Home

News

Dicol: alteração no calendário das reuniões da Diretoria

18/08/2021

Edição prevista para amanhã (18/8) foi adiada para o dia 20/8.

A Anvisa informa a alteração do calendário de reuniões da Diretoria Colegiada. A 16ª Reunião Ordinária Pública, agendada para amanhã, será realizada na sexta-feira, dia 20/8, ainda com horário a definir.

Confira a pauta atualizada. 

Reunião Extraordinária

Para esta quarta-feira (18/8) foi agendada uma edição extraordinária da reunião da Diretoria Colegiada, às 16h30. A pauta está disponível neste link. 

Acompanhe ao vivo


Cresce venda de medicamentos para dores, segundo Farmácias APP

18/08/2021

Terça, 17 Agosto 2021 09:47 Escrito ou enviado por Murilo Sarro
Dentre os itens mais vendidos estão os produtos ortopédicos com 41,7% e remédios contra enxaqueca com 22,9% do faturamento


Mercado de fusões e aquisições registra pico

18/08/2021

Por Miquéias Santos
postado em 17 de agosto de 2021

A venda da fabricante de produtos químicos Oxiteno pelo grupo Ultra à asiática Indorama Ventures por US $ 1,3 bilhão, a oferta da operadora de hospitais Rede D’Or para a prestadora de serviços de saúde Alliar e a aquisição da fábrica de massas Santa Amália pela gigante alimentícia Camil reforçam o movimento de consolidação e expansão em diversos setores da economia.


Anvisa autoriza mudanças no protocolo de pesquisa da Butanvac

18/08/2021

A alteração foi solicitada pelo Instituto Butantan.

A Anvisa autorizou nesta quarta-feira (18/8) a alteração no estudo clínico da Butanvac, que está em fase de desenvolvimento pelo Instituto Butantan.

A mudança se refere a substituição do uso de placebo pela vacina Coronavac na etapa A do estudo. Esta é a etapa inicial do estudo de fase 1 e 2 da Butanvac. Na prática os voluntários desta etapa da pesquisa receberão ou a vacina em teste, a Butanvac, ou a vacina de comparação, a Coronavac, também do Instituto Butantan.


Negócios entre farmacêuticas movimentam R$ 2,4 bi em 2021

18/08/2021

Publicado 17 agosto, 2021

Cerca de R$ 2,4 bilhões. Esse é o resultado das cinco grandes transações que as indústrias farmacêuticas realizaram ao longo desse ano e que movimentam o setor no país. As informações são do Valor Econômico, que também apurou que a próxima negociação deve ter como protagonista a AstraZeneca, que deve colocar à venda seu portfólio de medicamentos maduros para se dedicar a doenças raras.

Hypera Pharma e Sanofi


rfxcel cresce 500% no Brasil com soluções de rastreabilidade

18/08/2021

Publicado 17 agosto, 2021

O projeto de rastreabilidade de medicamentos, cuja discussão já se arrasta há nove anos na Anvisa, deverá enfim sair do papel. A agência oficializou neste mês que, a partir de outubro, os lotes de medicamentos importados e fabricados passarão a ser serializados e rastreados. A medida já estimula os negócios da rfxcel, cuja demanda aumentou 500% neste primeiro semestre.


Conheças as soluções tecnológicas e principais tendências para indústria farmacêutica

18/08/2021

Terça, 17 Agosto 2021 10:04 Escrito ou enviado por Isabella Lima


Com parceria do Mercado Pago, Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo avançam com pagamento com Código QR

18/08/2021

Por Guia da Farmácia 17 de agosto de 2021
Redes que fazem parte do Grupo DPSP buscam potencializar pagamentos instantâneos e sem contato no setor de farmácias

A rede de Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo, ambas do Grupo DPSP, acabam de firmar parceria com o Mercado Pago, para oferecer pagamentos com Código QR.

Novos meios de pagamentos digitais, como por exemplo, links de pagamento e QR Code, estão ganhando cada vez mais espaço no dia a dia dos brasileiros.


Panvel tem resultado recorde no segundo trimestre

18/08/2021

Publicado 17 agosto, 2021

Com receita total de R$ 766,8 milhões, a Panvel obteve um resultado recorde no segundo trimestre. O crescimento foi de 28,9% em relação ao mesmo período do ano passado e teve como principais estímulos o avanço na oferta de serviços farmacêuticos e nos canais digitais. Segundo o ranking da Abrafarma, a rede está entre as cinco maiores do varejo farmacêutico nacional em faturamento.


Governo de SP deve fornecer medicamento de alto custo fora da lista do SUS

18/08/2021

17 de agosto de 2021, 9h34
Por José Higídio

É dever do Estado fornecer os serviços adequados ao exercício do direito fundamental à saúde. Com esse entendimento, a 7ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo determinou, em liminar, que o estado de São Paulo forneça um medicamento de alto custo a uma paciente com doença grave e rara.


Pages